fbpx

Guarda-roupa planejado – facilitando o seu dia a dia

Entenda por que ter um guarda-roupa planejado traz mais praticidade ao dia a dia e saiba como projetar o seu.

Optar por um guarda-roupa planejado ou por um closet com móveis planejados pode ser a solução para a sua rotina. Afinal, quem nunca se atrasou para um compromisso por estar procurando uma roupa específica?

Na correria do dia a dia, é muito comum que as pessoas procurem uma peça no armário e não consigam encontrar. Outro problema comum é bagunçar a gaveta toda enquanto procura a roupa que provavelmente está no fundo dela e não pode ser facilmente visualizada.

Com um guarda-roupa planejado, esses incômodos podem ser facilmente evitados. Confira a seguir alguns motivos para optar por um roupeiro pensado especialmente para você e encontre dicas de como montar o seu guarda-roupa planejado.

Temos um material exclusivo que vai te ajudar identificar e escolher os melhores fornecedores de móveis planejados. Através de 4 perguntas você entenderá a real credibilidade e comprometimento de uma empresa. Acesse pelo link: https://materiais.maxmd.com.br/4-perguntas-para-nao-errar

Por que ter um guarda-roupa planejado?

Esse tipo de armário tem vários benefícios, a começar pelo aproveitamento dos espaços disponíveis.

Em uma casa pequena – ou apartamento –, aproveitar cada espacinho é a solução para conseguir se organizar melhor e tornar o ambiente prático e funcional.

Com um guarda-roupa planejado, é possível fazer uso de todo o espaço necessário para guardar seus itens. Assim, as opções podem incluir um armário reto, em formato de L ou até mesmo uma extensão do roupeiro planejada para ocupar apenas a parte superior da parede acima da cama.

Além do melhor aproveitamento do espaço, outras vantagens de ter um guarda-roupa planejado são:

  • Organização: com um armário feito sob medida, você pode escolher a quantidade de gavetas simples, cabideiros, nichos e sapateiras que deseja. Para isso, é importante levar em consideração a quantidade de itens que você já possui e se pretende ampliar sua quantidade de peças.
  • Praticidade: tendo um armário espaçoso e organizado para seus objetos, fica mais fácil encontrar aquela roupa específica na hora de sair, sem precisar bagunçar tudo!
  • Beleza: outra das muitas vantagens de um guarda-roupa planejado é a beleza, visto que é mais fácil combiná-lo com os outros móveis planejados do quarto e você pode pensar em cada detalhe necessário para que ele orne com a decoração do ambiente.

Dicas para pensar no seu guarda-roupa planejado

Agora que você já entende os motivos para planejar um roupeiro, é importante saber algumas dicas de como elaborar um que seja funcional na sua rotina.

Em primeiro lugar, comumente os guarda-roupas são divididos em 3 partes: inferior, superior e a parte central (mediana). Isso ajuda a compartimentalizar o móvel planejado e facilita a procura dos itens no dia a dia.

Confira a seguir como idealizar organizadamente cada parte do seu guarda-roupa planejado.

Conheça um ambiente totalmente decorado pela Max MD

Parte inferior do roupeiro

Na parte inferior, é comum que fiquem as gavetas e o sapateiro. O ideal é que essa porção não ultrapasse 70 cm de altura do chão, pois esse tamanho é geralmente suficiente.

Além disso, evite gavetas muito altas, pois atrapalham a organização. Opte por gavetas mais baixas, que podem variar de tamanho a depender do objetivo de cada uma – no caso, se são pensadas para guardar roupas ou acessórios, dentre outros itens.

Para saber a quantidade ideal de gavetas para você, fique atento ao volume de roupas que você já costuma guardar nesses espaços, como peças íntimas e pijamas.

Em relação à sapateira, uma dica é utilizar o formato de “gavetas para sapatos”. Essas possuem uma altura menor, aumentando a disponibilidade de espaço e permitindo guardar mais calçados ao mesmo tempo.

Planejando a sapateira dessa forma, fica fácil encontrar e guardar os sapatos sem a necessidade de ter várias caixas empilhadas, pois isso prejudica a otimização do espaço e dificulta o acesso aos calçados.

Outra ideia para essa porção do armário é colocar um cabideiro pequeno, para calças, shorts ou saias.

Parte mediana do guarda-roupa planejado

Já na parte central, o ideal é que ela possua entre 90 e 110 cm. Isso porque essa é a altura média de camisas e casacos quando pendurados em cabides.

Assim, nessa parte central, a melhor opção é priorizar os cabideiros, visto que é a forma mais prática de guardar as roupas sem amassá-las.

Além disso, nessa região também podem ser feitos nichos para guardar produtos de beleza, acessórios, livros ou toalhas / lençóis, a depender da sua prioridade.

Vale lembrar que é importante deixar um espaço livre mais alto e estreito na lateral do móvel, com altura entre 150 a 180 cm, para guardar os vestidos.

Parte superior do armário

A parte de cima, também chamada de “maleiro”, pode ser usada tanto para de fato guardar bagagens que não estão em uso, quanto para outros objetos que não são tão necessários no dia a dia.

Assim, uma dica é fazer um grande nicho em uma parte do guarda-roupa planejado, para o caso de objetos grandes. Já na outra parte, fazer nichos menores, para guardar documentos, cobertores ou itens antigos.

Atenção aos detalhes

Além da compartimentalização do guarda-roupa planejado, é importante pensar nos detalhes que vão trazer a sua personalidade para ele.

Um desses detalhes pode ser a instalação de espelhos nas portas, pois isso ajuda a trazer amplitude para o quarto e a melhorar a iluminação do ambiente. Se não quiser ter tanto trabalho na limpeza, opte pelo espelho em apenas uma das portas.

Além disso, você pode escolher colocar nichos externos na lateral do móvel planejado e também direcionar lâmpadas para o armário, facilitando a visualização dos itens dentro dele.

Conte com a MAXMD para pensar junto com você no seu guarda-roupa planejado!

Se você ainda não conhece a MAX MD, navegue pelo nosso site e veja, no Google, o que os nossos clientes andam dizendo sobre nós!